Blog Luisa Mell

Apresentando o bebê para os peludos! Todas as dicas e a minha experiência com a chegada do Enzo!

Amigos, como vcs já sabem há 18 dias meu filho( gente) veio ao mundo enchendo minha vida de luz e alegria. E dez dias antes, minha enteada Daphne tb deu a luz a nossa princesa Chloe. Nós duas, somos apaixonadas por nossos peludos, sempre os tratamos como filhos,  nos preparamos  e nos esforçamos para que a chegada dos bebês em casa fosse o mais tranquila possível para nossos filhos de 4 patas.

Sei que muitas pessoas passam dificuldades neste momento. E pior, o índice de abandono de pets nesta época é enorme. Por isso, resolvi escrever este post a 4 mãos com minha enteada, dividindo com vcs tudo o que fizemos e passamos para vcs verem que com amor e paciência todos podem e devem conviver juntos!! Que amor se multiplica, e que é maravilhoso criar nossos filhos com seus irmãos peludos!

babypet5

Marley e Gisele são cães idosos, por isso são mais calmos. Mas são muito ciumentos comigo. Por isso tenho que me desdobrar para que eles não se sintam abandonados, mesmo que dentro de casa.

babypet1

Já Tuca e Lilica são jovens e bem ativas, mas com carinho entenderam que a neném precisa de cuidados e calma!!

babypet10

Cada cachorro tem sua personalidade e seu tempo para entender as coisas.

Mas temos dicas para todos os cachorros!

tuca

 

Durante a gravidez:

Acostume seu pet com o carrinho, cadeirinha e coisas do bebê. Deixe ele cheirar, explorar…

Alguns adestradores indicam até vc dar uma voltinha com o carrinho vazio junto com seu pet, para ele já ir se acostumando…para vc conseguir passear com os dois depois! Se o seu cachorro puxa muito, troque a coleira por um peitoral de adestramento, e se possível chame um adestrador para te ajudar a passear com ele com maior tranquilidade. Mas faça essas mudanças antes da chegada do bebê!!

 

Uma dica que muitos livros dão tb é pegar um boneco e vestir com roupa de outro bebê, e dar atenção para o bonequinho junto com o cachorro. Isto é um treinamento, é importante que vc leve a sério e aja como se realmente fosse um bebê. Vc pode utilizar uma toalha enrolada tb. O impostante é que aja como se ali realmente tivesse um bebê. É realmente importante acostumar seu peludo ao novo estilo de vida. Vc certamente vai sempre estar com uma das mãos ocupadas.

 

Minha enteada tb colocava um choro de  bebê para ver a reação das cachorras. No começo ficam incomodadas e super agitadas. Mas depois foram se acostumando. O importante é vc fazer carinho nos pets, dar petiscos, associar sempre a coisas boas qualquer coisa do bebê!

 

Durante minha gravidez, eu já ficava muito no quartinho do Enzo, arrumando as coisas. Sempre deixava os peludos comigo, conversava muitos com eles, fazia muito carinho, para eles irem se acostumando com o ambiente, onde agora passo quase todo o meu dia!

closetbabyboy

Tente mudar sua rotina antes do bebê chegar! Por exemplo, se só vc coloca comida para eles, e depois do bebê nascer vc dividirá essa função com alguém, É IMPORTANTE QUE FAÇA ESSA MUDANÇA ANTES DO BEBÊ CHEGAR!

 

 

Sobre saúde

Uma relação saudável entre pessoas e animais é benéfica a todos. Redução da pressão arterial, diminuição do estresse, melhora dos quadros de depressão, diminuição de alergias( se tem contato nos primeiros dois anos), maior rapidez para engatinhar, são alguns dos benefícios já comprovados desta relação.

IMPORTANTE:

Evidente que seu pet precisa estar com a saúde em dia para não apresentar nenhum risco para seu bebê. Verifique a carteirinha de vacinação, se a vermifugação está em dia, o controle de pulgas e carrapatos… Os cuidados que vc deve manter sempre, né|?

A chegada do bebê:

Uma dica super importante, que sempre dou (e nós duas fizemos) é levar uma roupinha, ou uma fraldinha, qualquer coisa com o cheirinho do bebê para casa enquanto vc ainda estiver na maternidade!

Fundamental tb é associar a coisas boas. Meu marido veio em casa com a fraldinha do Enzo, deu para eles cheirarem, enquanto brincava com eles. Falou que ficaram super agitados. Deixou na casinha deles, mas eles não queriam entrar lá!! Mas depois se acostumaram!! Vc pode dar a fraldinha ou roupinha para eles cheirarem, e dar petiscos tb, para associarem a coisas boas.

Na hora de entrar em casa, o bebê não deve estar no colo de quem o cachorro é mais apegado. Para que a pessoa que é realmente o dono, esteja com as mãos livres para fazer carinho nos peludos.

Uma coisa muuuito importante, que sei que tem gente acha que é  besteira, mas não é… É a sua energia e segurança. Se vc estiver inseguro, nervoso, deixará seu pet deste jeito tb!! A calma dos papais nesta hora fará toda a diferença.

Sabe, amigos, qd vou resgatar algum cachorro, nunca deixo alguém que tem medo por perto. Isto atrapalha muito. O cachorro sente nossa energia, e exalamos cheiros que eles conseguem perceber.

Assistam o vídeo do momento em que voltamos da maternidade com o Enzo( que no dia ainda era o babyboy) e apresentamos para o Marley e Gisele!

Se o seu cachorro é mais agressivo, e vc não tem total controle sobre ele… APRESENTE seu bebê com seu cachorro  NA COLEIRA E GUIA!!!!! Não podemos correr riscos. Tb aconselho a vc não deixar seus peludo com o bebê sem supervisão.

babypet2

 O dia a dia…

Por mais que eu me esforce, os peludos sentem ciúmes. É normal. Com irmão gente tb acontece isto, né?

O importante é mostrarmos para o animal que ele não perdeu nada, que continua seu grande companheiro.

enzo

Realmente no começo é difícil, pois o cansaço é grande. Mas temos sempre que pensar que nossos peludos sempre foram nossos companheiros e ainda não entenderam direito o que está acontecendo!

Sempre que estiver com o bebê no colo, é importante falar o nome do cachorro para que ele se sinta incluido. Peça para outra pessoa dar petiscos para ele,  e faça carinho sempre que o bebê estiver presente.

Muitas pessoas acabam tratando mal os cachorros qd o bebê está por perto, mandam sair, ou nem olham para eles. Por isso eles acabam associando o bebê a algo ruim. FAÇA JUSTAMENTE O CONTRÁRIO!! Para que ele sempre associe o neném a coisas boas!!

Eu deixo os peludos sempre por perto, e eles já se acostumaram com o novo irmãozinho…

preta

Sempre foram meus grandes companheiros, não tem pq ser diferente neste momento tão lindo da minha vida!

trocador

O Sling tem me ajudado muito tb!!! O Enzo ama, e eu fico com as mãos livres para comer, brincar, fazer carinho nos cães…

babypet3

babypet6

Tenho mais dois post sobre este assunto, vale a pena darem uma olhadinha tb! Um sobre cães e outro sobre gatinhos e bebês

” Não abandone seu peludo quando seu bebê chegar”

 

 

Postado por
Data
2 março, 2015
Categoria
Comentários
20 Comentários

Deixe um Comentário pelo Facebook

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 Comentário:Apresentando o bebê para os peludos! Todas as dicas e a minha experiência com a chegada do Enzo!

  1. Ingrid Ghizzoni

    Achei muito interessante, quando meus netos estiverem a caminho,terei uma cartilha para sugerir a meu filho e nora e a mim também ,pois eu tenho os peludos!!!

  2. Erica santos.

    Exemplo de um bom ser humano, parabéns.

  3. Amanda

    muito boa suas dicas Luisa eu tb tive que acostumar meu cachorro desde minha gestação ate o nascimento quando chegava do passeio ele entrava no carrinho para eu levar ele tb e para nao pegar raiva do bebe fazia o mesmo colocava ele no carrinho forrado por um pano e o levava a passear…………as pessoas podem achar loucura mas antes do meu filho nascer ele era minha crianca e que amo muito!!!!! e ai esta a prova que nao é preciso abandonar um animal da pra conciliar e amar e cuidar dos dois juntos

  4. Thaís Amaral

    Primeiro de tudo, parabéns por seus projetos e por suas iniciativas. Também não abandonei meus cães quando engravidei e nem depois de ter minha filha, hoje o meu pastor alemão de 8 anos e meio é o maior defensor dela; só perdi minha husck porque como eu a ganhei, e a dona anterior dava algumas guloseimas erradas, foi fácil enquanto não cheguei a casa alguém jogar petiscos com veneno para ela. O pastor alemão como nunca comeu nada que não fosse ração e nada no chão, não teve curiosidade de pegar também. aqui na minha cidade tem um grupo que também resgata e protege animais, mas fazemos isso com nosso próprio suor e esforço, fazendo rifas, e até entrando para resgatar animais mal tratados. PARABÉNS PELA MATERNIDADE, E POR SUAS INICIATIVAS!!!!

  5. gisele

    Que legal Luisa, estava esperando esse post, meu filho e minha nora esperam o primeiro filho e tanto eu vovó paterne, a vovó materna e os futuros papais,temos pets de estimação, por favor continue postando dicas…parabéns pelo #babyboyEnzo, muito fofo. Grande beijo

  6. Alcimar Miras

    QUERO REVER O MUNDO

    Olá, meus aumiguinhos, me chamo Pedro Henrique, sou um peludinho muito lindo, charmoso e inteligente(modesto eu né), tenho uma página, sejam bem vindos para me visitar, nela sou conhecido como “O Diário de Pedro” venho através dessa mensagem pedir a ajuda de vocês.
    Tenho um probleminha de saúde(catarata nos meus olhinhos) e para eu voltar a enxergar, preciso fazer uma cirurgia, mas é muito cara , a cirurgia e o pré e pós operatório fica em torno de uns 8.000, e minha mamis não pode pagar. Então se vocês tios e tias puderem me ajudar com qualquer quantia que seja, ou um tio(a) médico(a) puder me fazer a cirurgia sem custo algum, ou com um custo mais baixo, vou ficar muito feliz e agradecido, e meus olhinhos vão poder enxergar as pessoas lindas e de bom coração que existem nesse mundo.
    Estou deixando abaixo o endereço da conta da minha mamis, e podem por favor acompanhar todo acontecimento, será postado e provado aqui no face, vocês vão poder ver que a ajuda de vocês não foi em vão, valeu a pena o seu ato de amor por mim. Por favor tios(as) me ajudem voltar a enxergar tudo que tem de lindo nesse mundão…
    Endereço da minha mamis para depósito:

    Caixa Econômica
    AG 3289 – Conta Poupança 10057-1
    Luciene Aparecida Silva

    Maiores informações: (11)7887-4080 Luciene.

    Endereço de e-mail e contato da minha madrinha:
    [email protected] (11)98248-1935 Alcimar Miras

    POR FAVOR ME AJUDA, COMPARTILHA MINHA CAMPANHA E VAI GANHAR MUITOS LAMBEIJÕES…

    Muito aubrigadinho a todos os tios e tias, que Deus abençõe.

    -com Luciene Silva

  7. Michele

    Luisa, sabe como eu fiz que deu super certo? Meus meninos de 4 patas conheceram minha filha lá na garagem e entramos todos juntos em casa. Meus meninos de 4 patas são bem agitados, assim qdo chegamos da maternidade meu marido subiu no apto enquanto eu esperei no carro com minha bb no carro. Qdo eles desceram fizemos a maior festa, afinal a saudades era grande para mim e para eles, passada a euforia peguei o bb conforto e deixei eles cheirarem bastante, passada a curiosidade inicial, subimos todos juntos, assim eles não sentiram que chegou um “entruso” no território deles. Lembrei da dica do Cesar Milan ao dizer que apresentar seu cão à outro cão (no caso, um bb) em um território neutro (no caso, a garagem). Deu super certo!

    • cimara raquel

      oi luisa é muito lindo ver essa cena dos cachorros com vcs e o Enzo,meu filho tem contato desde q nasceu tambem com seus cachorros e os cachorros acabam virando babas pq com o tempo aprender a amar nosso filhos hj meu filho tem 8anos e sabe da importancia de cuidar dos animais e ama-los acima de tudo .
      Sempre acreditei q se ensinar ele a amar os bichos pois qndo crescer vai ajudar muito na formaçao do seu carater…PARABÉNS…

  8. Vinha Silva

    Parabéns Luiza te admiro muito, pelo seu amor pelos animais e pela pessoa especial que vc é, que Deus te abençoe grandemente…

  9. Vinha Silva

    Parabéns Luiza vc é uma grande mulher.

  10. vania ribeiro

    Parabéns! perfeito seu blog.

  11. Cibele Alves

    Oi Luiza amei tudo que li,meu filho tem 9 meses e tenho 3 gatos gostaria muito de saber como proceder com eles,antes dormia com eles no meu quarto agora não visto que compartilhamos o mesmo quarto, acho que eles soltam muito pêlo, mas procuro trata los com o mesmo carinho e amor de sempre mas preciso de dicas meu filho é apaixonado por elas.

  12. adriana

    Realmente você é uma pessoa especial, abençoada por Deus continue assim mais coisas boas vai acontecer na sua vida e familia, beijosss!!!

  13. Karina

    Te admiro cada dia mais! Deus te abençoe! Bjs

  14. Ester

    Oi estou grávida de 7 meses e tenho um shitzu q é meu bb ou seja é assim q eu e o meu marido o tratamos e agora estou com mto medo pois mtas pessoas vieram me falar q eles ficam doentes e tbem estou mto preocupada quando estiver na maternidade pois ele é mto grudado em mim me ajuda por favor obrigada!!!!

  15. Leonora

    Adorei ler. Lembro dos primeiros dias, minha filha peluda, ficava o dia inteiro no quarto com seu novo irmão. Sei que para ela foi e é difícil…mas estamos ( eu e meu marido) sempre perto tanto muito amor para os dois, pois minha cachorra já é idosa e perdeu a visão a pouco tempo e precisa de atenção e cuidado diferenciado. Entretanto ela me surpreende em se adaptar tão rápido com sua nova condição. Amo demais

  16. Patrícia Ribeiro

    Seu trabalho e de sua equipe é maravilhoso, parabéns por tudo! bjus

  17. denise

    Cada vez sou mais fanzona sua, Parabéns por tudo. Deus abençoe vc sempres

  18. Maria do Carmo |Molina

    Te admiro imensamente. Que Deus te proteja e te ilumine sempre, sempre e sempre.

  19. Andrade Santos

    Oi Luiza, excelente texto, parabéns !

    Eu sou adestrador de cães e infelizmente muitas pessoas acham que não tem como conviver um cão com um bebê recém nascido.

    o cachorro já deve ser preparado para a chegada da criança antes mesmo dela nascer, durante esse período deixe o cachorro conhecer e cheirar algumas coisas como a cama e o quarto do bebê, e quando a criança nascer vá dando peças de roupas que ela já tenha usado para o cachorro e se acostumando com o cheiro e só depois você apresenta o cão a criança.

    A aproximação do cachorro com a criança deve ser gradual e claro com a presença dos adultos, e por mais que seu cão seja confiável não é recomendado deixar ele sozinho com o bebê.