Blog Luisa Mell

“It dog” da semana: Carlota Tranchesi, que transformou sua mamãe, a “it girl” Lu Tranchesi, em uma dog lovers!

Que ela é linda, bem vestida e do high  society, todo mundo já sabe! Mas  o quanto sua bulldog foi importante para superar momentos difíceis e o como isto mudou sua vida, vc  confere aqui!

” É surreal o amor que sinto por esta cachorra! Sempre penso primeiro nela. Se viajo, sofro de saudades. Peço para meus irmãos fazerem filminhos e me mandarem! Tem gente que acha loucura, mas ela é minha filhinha!”  Foi com estas palavras a it girl, empresária de moda e blogueira  Lu Tranchesi me apresentou sua Carlota.carlota7

Lu me contou tb que sua fiel escudeira, Carlota, a ajudou muito no  momento triste que passou.  “Teria sido mais difícil , sem  ela, do que já foi” conta Lu sobre a perda de sua mãe  (a empresária Eliana Tranchesi, faleceu em 2012 vítima de um câncer). “Cachorro sente, né? É impressionante. Ela foi mega companheira, ficava comigo o tempo inteirinho, ficava quietinha ao meu lado me dando carinho”.

“Antes da Carlota, minha mãe não gostava de cachorro. Qd ganhei a bulldog de um amigo( que já sabia que eu estava  louca para ter um!) ela não queria. Mas  depois  se apaixonou! E na época mais difícil da vida da minha mãe( ela ficou muito tempo na cama doente) a Carlota foi sua grande companheira. Ficava o tempo todo na cama com ela.”

“Quando minha mãe morreu, ela não entendeu. Ficou por um bom tempo  indo     ao quarto dela procurá-la.”carlota19

Amigos, eu já conhecia Carlota pela internet. Dog lover assumida,  a empresária e blogueira dedica uma parte de seu blog para sua cachorra! E no instagram, onde tem milhares de fãs, Lu mostra dia a dia toda sua paixão pela bulldog francês de três anos.

E descobri que a Lu tem tudo de bulldog! “Eu compro muita coisa, mas ganho tb! Todo mundo agora me dá presente de bulldog. E eu amo! “carlota10

carlota9

carlota18

carlota15Lu confessou que mudou muito depois da Carlota.“Hj sou muito mais atenciosa, mais cuidadosa, fico muuito mais em casa por causa dela! Fiquei tb  muito mais sensível, não só com a Carlota mas tb  com outros cachorros! É um amor que vira para outros animais tb! Agora eu te entendo! Aquele pitbull que vc postou( na proteção animal) me deixou arrasada! Eu queria chorar na hora que vi a foto! Dói, dói  a alma”.

E o que ela diria para quem não tem cachorro?

“Quem não tem cachorro está perdendo muita coisa da vida! Está perdendo um amor inexplicável, a melhor companhia do mundo! Não sabe o que é chegar em casa e ser recebido pelo seu cachorro! É uma troca maravilhosa! Eu só me desespero de pensar que ela vai morrer antes de mim. Entrei até em uma nóia! É uma amor tão grande que eu acho que se ela morrer eu morro junto! Tento nem pensar mais nisso que me dá desespero!

Para finalizar, é claro, que não poderia faltar o look do dia, versão animal! Com vcs, Carlota Tranchesi apresenta look do dogcarlota29carlota23carlota26carlota21

Postado por
Data
28 maio, 2013
Categoria
Comentários
22 Comentários

Deixe um Comentário pelo Facebook

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

22 Comentário:“It dog” da semana: Carlota Tranchesi, que transformou sua mamãe, a “it girl” Lu Tranchesi, em uma dog lovers!

  1. Wanda Ramos

    Como ela é linda meu Deus! É um amor muito grande mesmo mas temos que aprender a aceitar uma perda que pode ser por tempo de vida ou pode ser ocasional por alguma doença embora eu ache que doenças podem muito bem ser evitadas com simples vacinas e boa alimentação
    carinho e coisas do tipo.
    Eu tambem aprendi a amar a partir do meu pequeno Myke, eu ja amava cachorros tinha um que morreu com quatro aninhos e sofri muito mas, amar os outros e sentir o sofrimento deles nas ruas e em casas onde são maltratados só aprendi de uns tempos pra cá! Myke foi resgatado em uma caminhada, adulto mas tão pequenino, ele estava cheio de vermes e até hoje tenho dificuldade com o temperamento explosivo dele que deve ser consequencia do abandono e maus tratos que nem sei avaliar o que ele deve ter passado.
    Bem, amei a sua visita a essa moça e espero que ela consiga se preparar porque a morte é dificil mas temos que ir nos preparando sempre!
    Beijo Luisa e fique com Deus!

  2. vania maria ferreira

    emocionante esta entrevista eu tb antes de ter o meu xan xan era diferente hoje eu sofro muito mais c as imagens de animais sendo maltratados e tive tb uma prova de amor do meu dog qdo meu filho adoeceu ele tb ficava o tempo todo c ele o amor destas criaturinhas é forado normal por isto eu digo quem tem q curta muito e quem ainda n tem que adote , um grande beijo

  3. Raquel

    como ela é chick! parabéns,mais uma matéria mostrando o amor que os animais são capazes de transmitir!

  4. Eliane Alfenas

    Ótima entrevista
    Sinto a mesma coisa pelo meu Toy ( um poodle), ele se tornou a vida da minha casa, é tratado como criança, realmente é um amor inexplicável, em casa deixamos de viajar e fazer qualquer coisa que nao possa leva-lo.
    Esse amor tão grande se estendeu pra outros cachorros, hoje tenho uma cadela resgatada das ruas prenha, esta em minha casa com seus tres filhotes lindos….amo cachorros e nao consigo vê-los como animais, só consigo encheria-los como amigos, anjos, filhos, companheiros um amor incondicional.
    Linda declaração nessa entrevista, eu concordo com ela e assino embaixo.
    Beijos Luísa, e para bens por seu lindo trabalho, conte comigo sempre.

  5. Talita

    A Luciana é linda!!
    Tive o prazer de trabalhar com a Eliana e com a Luciana, e conhecer a pequena Carlota.
    Acredito que os animais tenham um dom divino que transformar nossas vidas em pessoas melhores, mais humanas, de coração…
    Aprendemos que amar é uma troca de carinhos, de dedicação, de simples amor.
    É muito fácil amar um animal, não importa a raça, o nome, o tipo, nada importa… o que importa é defendê-los de pessoas sem escrúpulos e coração, e amá-los sempre!

  6. Elaine fabrizia pereira

    Poxa tenho esse mesmo medo tenho um poodle de 5 anos e nem imagino que um dia ele possa parti.so de pensar doi imensamente.

  7. Aleandra

    Parabéns, entrevista incrível, como tudo o que vc faz Luiza! Que emocionante! ADOREI!

  8. Jorge Loureiro

    Parabéns para vc Luisa,adorei a entrevista e Lu vc e sua cadela são lindas,fico feliz quando alguém como vc uma empresária se dedica ao seu animal de estimação continue assim,eu mesmo tenho uma labrador e me dedico demais a ela pois eles são realmente nosso filhos.bjs

  9. Andressa Garcia

    Adoreeeeeei!!! Que cachorrinha mais chique!!! Estou sempre fuxicando os looks das It Girls e adorei a matéria. Sempre tive cachorro, mas essa minha atual Yorkie entrou na minha vida quando eu mais precisava e a mudou completamente! Eu sou bipolar e tomava vários remédios por dia. Desde o momento em que ela entrou na minha vida, eu estava super deprimida e nunca mais precisei tomar remédios p/ depressão e p/ o transtorno bipolar! Incrível o que o amor dos animais é capaz de fazer 😉

  10. ketie ferri

    e verdade…tbm passei por isto perdi minha mae a tres anos e a mais ou menos 5 perdi duas cachorras com cinomose e jurei que nunca mas queria bichos detalhe desde de criança sempre fui loucA por eles….perdi minha mae meU porto seguro minha vida cai em depresao nao queria saber de nada e nem de ninguem ai meu marido apareceu com um cao filhote feioOOO que doi haviam jogado ele e mas 6 na rua so restou ele kkk de tao feinho que era….so tinha cabeça EU DISSE QUE NAO QUERIA QUE NAO IA SOFRER MAS QUE NEM COM MINHAS BBZINHAS QUE PERDI POR FIM FIZEMOS UM ACORDO 1 SEMANA ELE FICARIA EM CASA ATE ARRUMAR UM DONO PRA ELE….CONCLUSAOOOOOOOOOOOOOO ELE FICOU KKKK SEU NOME É ZÉ PEQUENO ESTA ATE HOJE COMIGO FORA MAS UMA COCKER MAS A GATA MAS AS CALOPISITAS TUDO RETIRADO DE MAUS TRATOS CONCLUSAO SOFRO ATE HOJE COM A CRISES DE DEPRESAO MAS ELES ME PERTUBAM TANTO QUE NAO POSSO NEM ME DAR AO LUXO DE ME ENTREGAR A ELA RSRSRSRS UM CHORA QUE QUER COMER OUTRO LATE PQ QUER
    passear enfim é uma loucuraaaaaaa e assim vou indo mas nao troco por nada amo demais deixo de fazer coisas por eles e se tiver que troca-los por algo nunca jamaisssssssssss minha vidaaaaaaaaaaaa meu tudooooooooooooooo….dormem comigo ficam dentro de casa enfim as pessoas me criticam mas to nem aiiiiiiiiii ainda falo prefiro bicho do que gente rsrsrsrs

  11. Ilda de Siqueira Rios

    Entendo completamente o sentimento dela, eu também tenho cachorro e gato e já morreram alguns, e é um sofrimento muito grande, a saudade é enorme !!

  12. Darci Vieira Paraizo

    Ah!Luisa que bom for ler sobre a Lu Tranchesi e sua “PEQUENA” EU TENHO DUAS SRD, RESGATADAS DAS RUAS, A Molly e a Luna, que são muito amadas e bem cuidadas, deixo de viajar, e até de passear, se o passeio for demorado, pois moro sózinha com elas, somos nos três e elas são as melhores companhias que eu poderia ter.Bjs. e parabens por tudo o que faz pelos animais!!!

  13. JANAINA MARQUES

    Nossa… eu acompanho a Lu Tranchesi no blog e no instagram… Sempre gostei muito dela, pelo que vejo na net… Não conheço pessoalmente, mas passei a admirar muito mais agora, em saber que ela gosta tanto de animais… Até citou o caso da nossa querida Pitbull, que jaja vai ficar boa…. Valew Lu e e Lu….rsrsrsrsrs…BJO

  14. Flávia de sá

    Realmente é um amor inexplicavel ,amo meus cachorros e a cada dia aprendo a ser uma pessoa melhor com eles ,quem não tem ou não gosta de cachorro ,algo de errado essa pessoa tem .São verdadeiros anjos em nossa vida !

  15. Ligia

    Olá @luisamell , por favor, ajude a divulgar o caso da cadelinha Brigitty, que quase foi degolada. Ela está sendo cuidada, mas os gastos são altos. As cuidadoras dizem que o caso foi nastante divulgado, mas a ajuda financeira efetiva foi pouca.

    https://m.facebook.com/#!/kate.sosbichoscarentes?__user=100001718104572

    Obrigada e parabéns pelo trabalho!

  16. Andréa Busato

    Achei lindo o amor incondicional da dona pela buldog! Eu tenho depressão crônica e te falo Luiza que eu estou aqui pelo amor que elas tem por mim e vice versa! CACHORRO É TUDO DE BOM! E com certeza eles percebem quando estamos precisando de carinho. Entrei na aula de costura p/aprender a fazer roupinhas p/minhas meninas ( 2 vira latas adotadas e 2 Schnauzer ). Parabéns pelo amor e respeito que vc tem pela sua menina Lu! Bom seria se no mundo existissem mais pessoas como vc, como a Luiza e alguns outros como assim como nós lutam pelo respeito aos animais. Nossos anjinhos de 4 patas são um presente de Deus em nossas vidas! Continue assim, dando seu exemplo de como devemos tratar os animais. Meu sonho é poder visitar o trabalho da Luiza de perto. E acreditem, o melhor remédio na minha depressão são minhas 4 meninas de 4 patas!!!

  17. Silvana

    Já perdi muitos animais,sei a dor que é.E também sofro pelos outros animais vítimas de abandono,crueldade….mas não consigo ficar sem.Adorei a matéria, essa Carlota é muito linda,tenho uma camiseta parecida com a da Luciana, aliás eu adoro camisetas com animais,tenho várias.Luciana,eu perdi meu pai faz sete anos e o meu remédio até hoje se resume nos meus gatos e cachorros.

  18. Fernanda

    Adoro o blog da Lu , mais as matérias preferidas e quando ela fala sobre a Carlota ela é linda demais é um sucesso.bjuss

  19. Daniela

    Fofa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Linda demais!!!!!

  20. adriana

    Lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…………….AMO….

  21. raquel

    Luisa . Meu cao tem uma ferida na pata q nao deixa tratar . Ja o dopei mas ele nao dormiu completamente . Quase me mordendo . Ele e muito arredio nem banho posso da me de uma dica como trata-lo te agradeco desde ja. Sou sua fa desde seu antigo programa volte por favor bjos!

    • Luisa Mell

      Me passe seu tel vou pedir para algum adestrador te ligar!!bjbjbj