Blog Luisa Mell

A velhice dos cães e a triste história do abandono…

abrigo do jello2

Este lindo e dócil labrador, é o Ducho. Tem oito anos e foi abandonado. Esta semana, fui conhecer uma Ong que faz um trabalho sensacional, o Abrigo do Jello, e  entre centenas de outros peludos e suas tristes histórias, conheci o Ducho.

Vcs que me acompanham, sabem o que tenho passado com meu Marley. Meu grande amigo e companheiro, já é um cão idoso e as complicações da idade já começaram a aparecer. Não escondo de ninguém que tem sido uma fase complicada para mim. Sei que avida dos cães é mais curta, racionalmente sempre soube que um dia meu filhinho amado iria me deixar, mas meu coração não se acostuma com essa ideia. Sabe amigos, me pego várias vezes chorando ao vê-lo com dificuldades para se levantar, meu coração se aperta cada vez que percebo o quanto ele está velhinho… Faço de tudo  e mais um pouco para que ele tenha a melhor velhice que um cachorro pode ter…

Tenho mudado bastante minha rotina para poder aproveitar ao máximo o tempo que tenho com ele…para beijá-lo, abraça-lo…

E no no meio de tudo isso…encontro o Ducho… abandonado qd a velhice dele está se aproximando.

Apesar de viver na proteção animal há tantos anos, não consigo me conformar como alguém tem coragem! Viver tantos anos com um animal e não perceber que ele é um anjo! Um anjo que vem ao mundo ensinar o amor! Quem mais pode dar amor incondicional , afeição sem esperar retorno, fidelidade e proteção sem ganhar nada em troca?

Eu não tenho palavras para descrever todo meu amor pelos meus cães. Nem como agradecer tudo o que eles já fizeram por mim, sem dúvida me transformaram em uma pessoa muito melhor. Sempre digo e repito que se eu os salvei um dia, eles me salvam todos com sua alegria e amor incondicional . Cães nos ensinam amar sem vergonha, a amar descontroladamente, a demonstrar nossos sentimentos!    E cachorros  não esperam um dia especial para demonstrarem seu amor e afeto, fazem isto a cada minuto, acho que isto é uma grande lição, até pq a vida é tão inesperada que sempre pode ser sua última chance de algo.

Em todos os momentos que passei nos últimos 11 anos, eles foram meus grandes companheiros e parceiros, e tenho a certeza que sem eles os momentos difíceis teriam sido bem mais tristes e os felizes bem menos alegres!

Pois bem, infelizmente milhres de pessoas não conseguem ter o privilégio de aprender a amar um cão, e o abandonam pelos motivos mais fúteis possíveis.

Do outro lado, existem pessoas que sabem de mais, que tem um coração gigante e querem salvar todos os cães e gatos do mundo!

Jello é um destes caras especiais que Deus manda para nos alegrar e fazer a diferença…

Fiquei comovida com sua dedicação aos animais e a seriedade do seu trabalho…

abrigo do jello

Sua mãe era criadora de cães, e ele a transformou em uma grande protetora!

Hj centenas de animais resgatados de abandono, maus tratos e crueldade vivem em seu abrigo!

Realiza sempre feiras de adoção, aliás domingo agora terá uma grande feira em Campo Limpo! Das 9 até as 14 horas, centenas de peludos aguardam uma chance!

Dia 14/09/2014 Rua Mitiharo Tanaka, 282, bairro São José.

abrigodojello4

Quem puder ajudar: Ong abrigo do Jello Banco do Brasil Ag.6936-1 C/C 6619-2

 

 

 

Postado por
Data
10 setembro, 2014
Categoria
Comentários
5 Comentários

Deixe um Comentário pelo Facebook

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 Comentário:A velhice dos cães e a triste história do abandono…

  1. regilane ribeiro vorobiev guevara

    Não tem como não se apaixonar.Ele e muito lindo.Gostaria de saber poque as pessoas abandonam seus bichos na velhice.como eu gostaria de poder adota lo.Amei

  2. Gabrielly

    Que lindo o Ducho!!!
    Eu amo labradores…toda minha vida sonhava em ter um e há alguns meses recebi o meu John de presente…agora ele tem cinco meses e é a alegria da casa. Se fico um dia fora, já fico morrendo de saudades e louca pra chegar em casa e encontrar aquele rabinho balançando de alegria rs. É quase inacreditável saber que alguém é capaz de abandonar uma lindão desse justamente no momento que ele mais precisa de cuidados e um cantinho aconchegante pra chamar de lar. Corta o coração. Mas que fez isso não sabe o que perdeu…não merecia o Ducho. Ele merece um lugar bem legal com uma família que o ame muito e que mereça todo amor que ele tem pra oferecer. Boa sorte Ducho!!! Eu e o John estamos torcendo por você!

  3. Rose

    Luisa sempre fui muito sua fã e acredito muito no seu amor pelos animais, hoje gostaria de lhe pedir uma informação, preciso ajudar um cachorro que esta doente, sua dona faleceu e a vizinha o adotou, mesmo sem ter condições financeiras. Ele esta com um problema gengival acho que é até bem serio e peço por favor se poderia me indicar onde possamos levar este cachorro em São Paulo por um atendimento gratuito, pois a sra que esta cuidando dele não tem condições.Espero muito ansiosa pelo seu retorno.

    • Luisa Mell

      querida gratuito nos hosputais públicos. Tem dois em SP, um na zona norte e um na zona leste.
      bj

  4. Beatriz Pinheiro

    Luisa preciso de ajuda moro em São Paulo no jardim Sapopemba na zona leste e atrás da minha casa tem uma casa abandonada e que tem uma gata com filhotes e a gente está com medo de mexer nela e ela fica miando a noite toda, creio que ela já esteja muito fraca e que alguns dos seus filhotes pode ter morrido queria muito saber se tem alguma Ong que pode ajudar a resgatar essa gata e seus filhotes … estou com muita dó e não sei o que fazer !!